segunda-feira, 31 de maio de 2010




"A verdade é que me enchi, De você, de nós, da nossa situação sem pé nem cabeça. Não tem sentido continuarmos dessa maneira. Eu, nessa constante agonia o tempo todo imaginando como você vai estar. E você, numas horas doce, noutras me tratando como lixo. Não sou lixo. Tampouco quero a doçura dos culpados, artificial como aspartame.

Fico pensando como chegamos a esse ponto. Não quero mais descobrir coisas sobre você, por piores ou melhores que possam ser.
Assim, chega. Chega de brigas, de berros, de chutes nos móveis. Chega de climas, de choros, de silêncios abismais. Para quê, me diz? O que, afinal, eu ganho com isso? A companhia de uma pessoa amarga, que já nem quer mais estar ali, ao meu lado, mas em outro lugar?
Sinceramente, abro mão. Vou atrás de um outro jeito de viver a minha vida, já que em qualquer situação diferente estarei lucrando.
Bom é isso, se agora isso ainda me causa alguma tristeza, tudo bem. Não se expurga um câncer sem matar células inocentes..."



Fernanda Young



Genteeeeeeeeeeee... Eu naoo estou acreditando... ganheeei mais um selinhoo e pra completar ganhei de Trêsss.. isso mesmoo de 3 blogs diferentes..Noossa.. estoou muiito felizzz..
Obrigada às lindas
Danielle Gaspar do blog http://borboletadanig.blogspot.com/
que foram as meninas que me deram o selinho...

Muiiiiiiiiiiiiito obrigada meninaas.. Sempre buscarei fazer um blog cada vez melhor para receber sempre o carinho de todas vooces.


As regrinhas:
- Colar a imagem
- Repassar à 10 blogs


Repassando:

sexta-feira, 28 de maio de 2010



“Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas as coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende?"


Caio F. Abreu

Por vezes eu tenho vontade de chorar.
eu não me permito nem nós na garganta.
chorar seria me entregar a esse sentimento.
vive-lo plenamente,
mas entregar-me seria perder o controle das minhas emoções
e até depois de dito chega, continuar chorando.
eu entendo que chorar é necessário
mas chorar seria render-me
render-me a paixão
e render-me a dor.


Desconheço o autor



Uhull... Ganheeeii maiis um selinhoo e o que é mais legal é que ganhei de TRÊS blogs diferentes =*
Ganhei da lindassss Mika do blog http://blogmikaclaas.blogspot.com/
Obrigada garotasss... adoreeei *-*

Vamos às regras:

- Pegue o selinho
- Indique onde pegou o selinho
- responda a pergunta: O que você mais gosta de ler/ver nos blogs?
- Repasse para 10 blogs
- Ilustre com uma imagem

O que você mais gosta de ler/ver nos blogs?
Bom... gosto de musica, poesia e textos que se identificam com o momento em que estou vivendo.

Repassando:

A imagem que eu escolhi:


Obrigada novamente às garotas que me deram o Selinho...

Amo, Amo!!!

quinta-feira, 27 de maio de 2010



Sempre sonhei com algo diferente, como nos contos de fadas, mas a
realidade foi deveras distinta disso, só Deus é testemunha das minhas queixas. Mas, nesse momento, nada disso importa, nada do que doeu agora importa. Eu vou ficar aqui, sozinho, com minhas lembranças e nosso fracasso. Vou lembrar das partes boas, para me emocionar com a saudade. Não lembrarei de nenhuma briga, nem nada disso! Eu quero uma receita para esquecer dos momentos ruins, dos bons eu não preciso. Não preciso e não quero. Para que esquecer do que me orgulho? Do que me fez feliz? Deixa a saudade me machucar, meu anjo, uma hora ela se cansa. Eu não abro mão de recordar o quanto fomos felizes. Acabou, mas não sem muito amor.


Marcelo Maroldi

quarta-feira, 26 de maio de 2010


"Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue; outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho… o de mais nada fazer."


Clarice Lispector

segunda-feira, 24 de maio de 2010


"Se um homem quer você, nada pode mantê-lo longe; Se ele não te quer, nada pode fazê-lo ficar.Pare de dar desculpas para um homem e seu comportamento. Permita que sua intuição te proteja das mágoas. Nunca dedique sua vida a um homem antes que você encontre um que realmente te faz feliz. Se uma relação terminar porque o homem não te tratou como você merecia,”foda-se, mande pro inferno, esquece!”, vocês não podem “ser amigos”. Um amigo não destrataria outro amigo. Não conserte. Se você sente que ele está te enrolando, provavelmente é porque ele está mesmo. Não continue a relação porque você acha que “ele vai melhorar”. A única pessoa que você pode controlar em uma relação é você mesma. Sempre tenha seu próprio círculo de amizade, separadamente do dele. Coloque limites no modo como um homem te trata. Se algo te irritar, faça um ESCÂNDALO. Nunca deixe um homem saber de tudo. Mais tarde ele usará isso contra você. Nunca o deixe sentir que ele é mais importante que você. Não o torne um semi-deus. Ele é um homem, nada além ou aquém disso. Nunca deixe um homem definir quem você é. Nunca pegue o homem de alguém emprestado. Se ele traiu alguém com você, ele te trairá. Você não deve ser a única a fazer tudo, compromisso é uma via de mão dupla. Você nunca deve olhar para alguém sentindo que a pessoa irá te completar. Uma relação consiste de dois indivíduos completos, procure alguém que irá te complementar, não suplementar. Faça-o sentir falta de você algumas vezes, quando um homem sempre sabe que você está lá, e que você está sempre disponível para ele, ele se acha. Mantenha-o em seu radar, mas conheça outros. O medo de ficar sozinha faz que várias mulheres permaneçam em relações que são abusivas e lesivas. Se ele ficou atraído por você à primeira vista, saiba que ele não foi o único.Todos eles estão te olhando, então você tem várias opções. Faça a escolha certa.

CUIDEM BEM DE SEUS CORAÇÕES".


Oprah Winfrey



Queeeridoos... Ganheii maiis um selinho... daquelas gurias lindas do http://papersblood.blogspot.com/
Brigadaum lindasss... vcs são showw.. adoroo o blog e vcs tbm =)

Bom... o que eh preciso fazer:
- Responder a pergunta o que tem na sua bolsa neste exato momento.
- Repassar para 10 blogs.

O que tem na sua bolsa neste exato momento?
Chave da moto, chave do escritório, carteira, absorvente, celular e agenda.


Repassando:
http://monstrinhalua.blogspot.com/

beijooos.. Obrigada novamente às meninas do Papersblood =**

sexta-feira, 21 de maio de 2010



ooooi queriiidos!!!
Recebi meu 1° selinho da lindaaa Isabele do blog http://coracao-de-vidro.blogspot.com/
queria agradece-la não somente pelo selinho mas por ela sempre visitar e comentar neste humilde blog.


Regras para receber o selinho:
- pegue o selinho.
- responda a pergunta (O que é mágico para você?)
- repasse para 10 blogs
- indique de onde pegou o selinho
- ilustre com uma imagem

O que é mágico para mim?
Para mim o que é mágico é encontra-lo e saber que todos os dias que ficamos afastados ele sentiu a minha falta; saber que ele sofre com a minha ausência e mesmo com seu coração partido e magoado ele me ama muito.. e acima de tudo mais mágico é saber do fundo do meu coração que esta tempestade um dia irá acabar e ainda seremos muito felizes juntos.

Repassando para:
http://papersblood.blogspot.com/

a imagem que escolhi foi:







Porque eu me imaginava mais forte. Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões, é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil. É porque eu não quis o amor solene, sem compreender que a solenidade ritualiza a incompreensão e a transforma em oferenda. E é também porque sempre fui de brigar muito, meu modo é brigando. É porque sempre tento chegar pelo meu modo. É porque ainda não sei ceder. É porque no fundo eu quero amar o que eu amaria - e não o que é. É porque ainda não sou eu mesma, e então o castigo é amar um mundo que não é ele.


Clarice Lispector


Não posso fingir que não houve nada
Que não dissemos nada
Que não sentimos nada.
Talvez eu possa somente brincar que foi tudo um sonho e então tentar acordar.
E guardar aqueles suspiros, momentos e sentimentos

Como simples lembranças de um sonho bom.
Talvez assim, trancafiando essas lembranças dentro de um mundo irreal,

Eu possa então libertar meu coração.


Desconheço o autor

quinta-feira, 20 de maio de 2010


Deixe, deixe a onda da dor passar por você, ela pode até te derrubar, te afogar um pouco, te chicotear com o sal, te assustar com tanta grandeza, mistério, profundidade e experiência, mas acredite em mim, você não vai morrer. Você vai se levantar, ainda que a praia inteira ria de você, ainda que a força tenha levado suas roupas e você esteja completamente desprotegido para a vida, nu, entregue, sem dignidade. Ainda assim você vai se levantar e seguir em frente.


Tati Bernardi

quarta-feira, 19 de maio de 2010


Um dia você vai ficar sozinho , vai fechar os olhos e ver a besteira que você fez. Você lembrará de tantas coisas bonitas que eu te disse e isso fará você perder o chão , e então você se lembrará do meu jeito diferente de ser,do meu sorriso, e virão as memórias boas dos meus abraços e beijos. Você vai sentir um aperto no peito, uma pausa na respiração, igual a que eu senti naquela ligação, e vai torcer pra eu estar ainda te esperando , o nome disso sera SAUDADE, aquilo que eu sentia e sempre te falava. Quando você pensar em discar o meu número ele estará ocupado ou nem será mais o mesmo ou até, eu nem queira mais te atender! E se você bater na minha porta, ela estará muito trancada e se aberta estiver, mostrará uma casa vazia. Teus olhos te ensinarão o que são LÁGRIMAS, aquelas que eu te disse que ardiam tanto. O nome do enjôo que sentirá é ARREPENDIMENTO, e a falta de fome que virá, chama-se TRISTEZA. E você então quando os dias passarem e eu não te ligar e nada de bom te acontecer, você irá perceber que tudo isso que vive , não é um amor verdadeiro, como o que eu quis te dar. Você vai sentir um pouco menos do que eu senti quando você fez tudo aquilo. A partir daí o que acontecerá chama-se surpresa... E você vai perceber o quanto eu te amava. E o que eu iria te dizer ?
TARDE DEMAIS! você teve sua chance.

Desconheço o autor.

terça-feira, 18 de maio de 2010



Por que você sabe, você sabe, você sabe

Que eu te amo

Eu sempre te amei

E eu sinto a sua falta

Estive afastado por muito tempo

Eu continuo sonhando que você estará comigo

E você nunca irá embora

Paro de respirar se eu não te ver mais.


Nickelback - Far Away

segunda-feira, 17 de maio de 2010


"Caiu finalmente a minha ficha do quanto você é, tão e somente, um cara burro. E do quanto você jamais vai encontrar uma mulher que nem eu nesses lugares deprê
em que procura. E do quanto a sua felicidade sem mim deve ser pouca pra você viver reafirmando o quanto é feliz sem mim e principalmente viver reafirmando isso pra mim. Sabe o quê? Eu vou para a cama todo dia com 5 livros e uma saudade imensa de você. Ao invés de estar por aí caçando qualquer mala na rua pra te esquecer ou para me esquecer. Porque eu me banco sozinha e eu me banco com um coração. (...)
E eu, finalmente, deixei de ter pena de mim por estar sem você e passei a ter pena de você por estar sem mim. Coitado."

Tati Bernardi


“Igualzinho ao que acontece com todas as pessoas, num trecho ou outro da estrada, eu já senti tanta dor que parecia que os golpes haviam me quebrado toda por dentro. Não sabia se era possível juntar os pedaços, por onde começar, nem se o cansaço me permitiria movimentos na direção de qualquer tentativa. Quando o susto é grande e dói assim, a gente precisa de algum tempo para recuperar o fôlego outra vez. Para voltar a caminhar sem contrair tanto os ombros e a vida. Um espaço para a gente quase se reinventar.
O tempo passa. O fôlego retorna. Parece milagre, mas as sementes de cura começam a florescer nos mesmos jardins onde parecia que nenhuma outra flor brotaria. A alma é sábia: enquanto achamos que só existe dor, ela trabalha, em silêncio, para tecer o momento novo. E ele chega.”

Ana Jácomo


sexta-feira, 14 de maio de 2010

"Eu estou legal. Não tenho culpa por gostar de alguém. Isso não vem da razão. Não adianta lutar contra isso. Quando você descobre que gosta de verdade... não tem mais volta... O amor simplesmente invade, e fim!"


Kagura Souma

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Se implorar resolvesse, não me importaria.

De joelhos, no milho, em espinhos, agachada com o cofrinho aparecendo.

Uma loucura qualquer, se ajudasse, eu faria com o maior prazer.

Do ridículo ao medo: pularia nua de bungee jump.

Chorar, se desse resultado,

Eu acabaria com a seca de qualquer Estado, de qualquer espírito.

Mas amor não se pede, imagine só.

Ei, seu tonto, será que você não pode me olhar com olhos de devoção

porque eu estou aqui quase esmagada com sua presença?

Não, não dá pra dizer isso.

Ei, seu velho, será que você pode me abraçar como se estivéssemos caindo de uma ponte

Porque eu estou aqui sem chão com sua presença?

Não, você não pode dizer isso.

Ei, monstro do lixo, será que você pode me beijar como um beijo de final de filme

Porque eu estou aqui sem saliva, sem ar, sem vida com a sua presença?

Definitivamente, não, melhor não.

Amor não se pede, é uma pena.

É uma pena correr com pulinhos enganados de felicidade e levar uma rasteira.

É uma pena ter o coração inchado de amar sozinha, olhos inchados de amar sozinha.

Um semblante altista de quem constrói sozinho sonhos.

Mas você não pode, não, eu sei que dá vontade,

Mas não dá pra ligar pro desgraçado e dizer: ei, tô sofrendo aqui,

Vamos parar com essa estupidez de não me amar e vir logo resolver meu problema?

Mas amor, minha querida, não se pede, dá raiva, eu sei.

Raiva dele ter tirado o gosto do mousse de chocolate que você amava tanto.

Raiva dele fazer você comer cinco mousses de chocolate seguidos

Pra ver se, em algum momento, o gosto volta.

Raiva dele ter tirado as cores bonitas do mundo,

A felicidade imensa em ver crianças sorrindo,

A graça na bobeira de um cachorro querendo brincar.

Ele roubou sua leveza mas, por alguma razão, você está vazia.

Mas não dá, nem de brincadeira, pra você ligar pro cara e dizer:

Ei, a vida é curta pra sofrer, volta, volta, volta.

Porque amor, meu amor, não se pede, é triste, eu sei bem.

É triste ver o Sol e não vê-lo se irritar porque seus olhos são claros demais,

São tristes as manhãs que prometem mais um dia sem ele,

São tristes as noites que cumprem a promessa.

É triste respirar sem sentir aquele cheiro que invade e você não olha de lado,

Aquele cheiro que acalma a busca.

Aquele cheiro que dá vontade de transar pro resto da vida.

É triste amar tanto e tanto amor não ter proveito.

Tanto amor querendo fazer alguém feliz.

Tanto amor querendo escrever uma história, mas só escrevendo este texto amargurado.

É triste saber que falta alguma coisa e saber que não dá pra comprar, substituir, esquecer, implorar.

É triste lembrar como eu ria com ele.

Mas amor, você sabe, amor não se pede.

Amor se declara: sabe de uma coisa?

Ele sabe, ele sabe...!


Tati Bernardi

terça-feira, 11 de maio de 2010





Dizer eu te amo...
Não são as palavras que eu quero ouvir de você,
Não é que eu não queira que você diga,
Mas se apenas você soubesse
Como poderia ser fácil me mostrar o que você sente
Mais do que palavras
É tudo o que você tem que fazer para tornar isso real.
Então, você não precisaria dizer que me ama,
Porque eu já saberia.

Extreme - More Than Words